Tribunal do Júri de Loanda condena a 17 anos homem por tentativa de feminicídio

O crime ocorreu no dia 4 de janeiro de 2021, na residência em que vivia o casal – a mulher foi atacada pelo denunciado a golpes de faca, na cabeça.

Por Programa do Tatu

4 de agosto de 2022, 16h30

O Tribunal do Júri de Loanda, no Noroeste do estado, condenou a 17 anos de reclusão em regime fechado homem denunciado pelo Ministério Público do Paraná por tentativa de feminicídio praticado contra sua ex-esposa em 2021. O caso ocorreu em Santa Cruz de Monte Castelo, município que integra a comarca.

O crime ocorreu no dia 4 de janeiro daquele ano, na residência em que vivia o casal – a mulher foi atacada pelo denunciado a golpes de faca, na cabeça. A vítima só resistiu porque conseguiu fugir e recebeu pronto atendimento em unidade hospitalar. Na ocasião, o acusado foi preso em flagrante e respondeu ao processo em privação de liberdade.

Na sessão de julgamento, ocorrida nesta quarta-feira, 3 de agosto, o Tribunal do Júri reconheceu as teses sustentadas em denúncia pela 1ª Promotoria de Justiça de Loanda, sendo consideradas como qualificadoras, além do feminicídio, o uso de recurso que dificultou a defesa da vítima. Ele deve seguir preso, sem o direito de recorrer em liberdade.