Suspeito de participar de sequestro em Cruzeiro do Oeste morre em confronto com a PM

O suspeito morreu após um confronto com a PM quando estava em fuga, após manter como refém a família de um gerente de banco de Cambira, a 47 km de Maringá

Por Programa do Tatu

2 de dezembro de 2019, 20h11

Foto: O Dia na cidade

Um dos suspeitos de sequestrar a família de um gerente de banco foi morto em um confronto com policiais, em Mandaguari, no norte do Paraná, nesta segunda-feira (2), de acordo com a Polícia Militar.

Outros dois suspeitos de participar do sequestro foram presos após o confronto, segundo a PM.

De acordo com a polícia, os três são suspeitos, junto de uma quarta pessoa que foi presa durante a manhã, de sequestrarem o gerente de um banco, a esposa e o filho do casal.

Foto: Maicon Sales

A PM informou que a família foi rendida na noite de domingo (1º) em Cambira, também no norte do estado.

Suspeito de assalto em Cruzeiro do Oeste

O suspeito morto em confronto nesta segunda-feira (2), em Mandaguari, foi identificado sendo Paulo Cezar Oliveira, um dos suspeitos de ter praticado um assalto em Cruzeiro do Oeste. Na ocasião, uma família, sendo os pais e dois filhos, foram feitos reféns e liberados quase dois dias depois em Guaíra.

 

Com informações G1