Odonto San

Secretária de Iporã e outras 2 pessoas são presas por ‘gato’ de energia

Segundo apurado pela Promotoria de Justiça de Iporã, a energia elétrica da Secretaria de Educação do Município vinha sendo desviada para uma obra particular

Por Cidade Urgente

6 de dezembro de 2018, 07h59

Iporã – A secretária de Educação de Iporã e outras duas pessoas foram presas acusadas de permitir um ‘gato’ de energia no prédio da Secretaria de Educação Municipal, segundo o Ministério Público do Paraná. A Operação Casa de Bastet, em parceria com a Copel e a Polícia Militar, apura desvios de energia elétrica do prédio da Secretaria de Educação do Município para uma obra particular erguida ao lado do órgão público.

Segundo o Ministério Público, os desvios ocorrem há mais de um ano e a secretária de Educação teria conhecimento da ilicitude. Ainda segundo o MP, os desvios começaram no início da obra e prossegue até o momento. A construção está em fase final e o prejuízo de energia desviado era arcado pelo Município.

A Prefeitura de Iporã divulgou nota informando que desconhecia a ilegalidade e garantiu que também vai investigar as denúncias e punir os envolvidos.

 

Ilustrado/MPR

Redefarma
Planalto