Planalto

Professores e estudantes fazem ato no centro de Umuarama contra corte de verbas da Educação

Estudantes e entidades ligadas à educação realizam nesta quarta-feira, 15 de maio, manifestações e uma greve nacional em protesto contra os cortes de verba destinados ao ensino, anunciados pelo Governo do presidente Jair Bolsonaro.

Por Tatu na TV

15 de maio de 2019, 15h02

Estudantes e entidades ligadas à educação realizam nesta quarta-feira, 15 de maio, manifestações e uma greve nacional em protesto contra os cortes de verba destinados ao ensino, anunciados pelo Governo do presidente Jair Bolsonaro.

Além dos contingenciamento de verbas destinadas a universidades federais e a programas de pesquisa, as entidades estudantis protestam contra as declarações polêmicas do ministro Abraham Weintraub, que associou o corte de recursos a atos de “balbúrdia”.

Os manifestantes também reagem à difamação das instituições de ensino superior que têm sido alvo de correntes de mensagens distribuídas pelo WhatsApp. Paralelamente aos protestos estudantis e à paralisação das aulas, o ministro Weintraub presta esclarecimentos no plenário da Câmara dos Deputados na tarde desta quarta-feira. A Câmara convocou o titular do MEC para explicar os cortes na educação.

Odonto San
Redefarma