Prefeito reforça pedido de apoio aos representantes do comércio e indústria de Umuarama

Mais uma vez o prefeito Celso Pozzobom defendeu a manutenção do comércio aberto, pois além de movimentar a economia as empresas podem ser aliadas no combate à doença adotando as medidas preventivas tanto aos funcionários quanto à clientela

Por Programa do Tatu

20 de novembro de 2020, 18h23

O prefeito Celso Pozzobom reuni-se na manhã desta sexta-feira, 20, com representantes do comércio, indústria, sindicato dos trabalhadores e lojistas e também com o pastor Valdiney Marques de Oliveira, da Associação dos Ministros Evangélicos (AME), de Umuarama para reforçar o pedido de apoio na luta contra a pandemia de coronavírus, que vem atingindo números preocupantes na cidade. Não há mais vagas disponíveis no hospital de referência para Covid-19 e pacientes locais estão sendo internados em cidades da macrorregião Noroeste, como Paranavaí, Cianorte, Goioerê, Campo Mourão e Maringá.

Mais uma vez o prefeito Celso Pozzobom defendeu a manutenção do comércio aberto, pois além de movimentar a economia as empresas podem ser aliadas no combate à doença adotando as medidas preventivas tanto aos funcionários quanto à clientela. “As lojas ajudam a disseminar as medidas de segurança, como uso da máscara, higienização constante das mãos com álcool gel, distanciamento social, controle de acesso e bons hábitos, mas o comerciante precisa aderir, precisa ser firme nesta prática”, disse o prefeito.

Pozzobom atribui o aumento no número de casos de Covid-19 ao relaxamento diante das medidas preventivas, à ocorrência de aglomerações em várias regiões da cidade e também a uma circulação maior da população por conta de feriados e do período eleitoral. “Com isso os casos dispararam nos últimos 10 dias, a rede hospitalar já beira o colapso e estamos fechando postos de saúde por falta de profissionais, que também estão sendo atingidos pela doença. O momento é de unir esforços, atuar de maneira firme, com o apoio dos lojistas, das indústrias e das igrejas, e sensibilizar a população para voltar a se cuidar, ficar em casa e proteger seus familiares”, apelou o prefeito.

As forças de segurança e equipes de fiscalização da Prefeitura vão intensificar o trabalho nesta sexta e no fim de semana, para conter aglomerações e lotações em bares e lanchonetes, além de visitar o comércio e sensibilizar os lojistas e consumidores. Outras medidas serão anunciadas através de decreto municipal, para reforçar as ações de enfrentamento.

Participaram da reunião o presidente da Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Umuarama (Aciu), Orlando Santos, o presidente do Sindilojistas, José Carlos Strassi, o representante da indústria, Eduardo Alonso, a presidente do Sindicato dos Empregados do Comércio, Miromar Ponciano de Andrade, o pastor Valdiney e a secretária municipal de Comunicação, Letícia Macedo D’Ávila Corrêa.