Polícia investiga suspeitos de ‘fornecer ‘cigarro para gato no Paraná

No vídeo recebido pela PCPR, é possível ver que uma mulher dá um cigarro na boca do animal. Caso condenados, os indivíduos poderão pegar até 5 anos de prisão.

Por Programa do Tatu

26 de janeiro de 2022, 14h40

Momento em que a mulher dá o suposto cigarro de maconha ao gato. A polícia procura ela e a pessoa que fez o vídeo. Foto: Reprodução/Divulgação Redes Sociais

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) está investigando dois suspeitos por fornecer cigarro, possivelmente de maconha, para um gato e filmar a ação. O ato é considerado maus-tratos.

No vídeo recebido pela PCPR, é possível ver que uma mulher dá um cigarro na boca do animal. Caso condenados, os indivíduos poderão pegar até 5 anos de prisão.

A PCPR solicita a colaboração da sociedade com informações que auxiliem na localização dos suspeitos. As denúncias podem ser feitas de forma anônima pelos telefones 197 da PCPR, 181 Disque-Denúncia, ou pelo (41) 3251-6200, diretamente à equipe de investigação.