Polícia invade casa de padrasto em Cafelândia e crianças são resgatadas

Após aproximadamente 30 horas de cárcere homem foi rendido pelos militares

Por Programa do Tatu

4 de dezembro de 2019, 08h29

O cárcere privado cometido pelo padrasto contra dois adolescentes em Cafelândia, que teve início nesta segunda-feira (2), chegou ao fim nesta terça-feira (3) por volta das 18h20. Policiais militares invadiram o local e resgataram as crianças com segurança. O homem, de 39 anos, foi rendido pelos agentes após ameaçar os enteados por aproximadamente 30 horas.

Padrasto será autuado

O major da Polícia Militar informou logo após a finalização da operação que o suspeito foi encaminhado a uma unidade de saúde para atendimento e na sequência será levado para a delegacia de Nova Aurora, também no oeste do Paraná. Após ser liberado, o padrasto será autuado e pode responder pelos crimes de cárcere privado e ameaça.

As crianças, um menino de 12 anos e uma menina de 14, também foram encaminhados para atendimento em uma Unidade de Pronto-Socorro. Após receberem alta, os adolescentes serão liberados para a mãe.

O major que comandou a operação contou que o homem não revelou o motivo das ameaças.

Família acredita que sequestrador surtou

De acordo com informações a mãe dos adolescentes não estava em casa quando o sequestro começou. A mulher, que trabalha como doméstica, passou a noite de domingo na casa da patroa que havia ido viajar. Para não deixar os três filhos com o companheiro, levou uma das meninas, que tem oito anos.

Nesta segunda-feira (2), um tio das vítimas ligou para a mulher informando que o adolescente não havia ido trabalhar. A mãe achou estranho e entrou em contato com o companheiro, que de imediato declarou que iria matar os adolescentes e depois tirar a própria vida.

Segundo a mãe dos adolescentes, o homem foi liberado recentemente de um internamento por causa de problemas com dependência alcoólica.

 

As informações são do site Ric Mais