Polícia Civil deflagra mega operação em Umuarama

Estão sendo cumprido mandados de prisão contra suspeitos de envolvimento em homicídios ocorrido na cidade

Por Programa do Tatu

31 de outubro de 2019, 06h57

A Polícia Civil deflagrou nas primeiras horas desta quinta-feira (31) uma mega operação em Umuarama. Batizada como Halloween, a ação tem como o objetivo o cumprimento de mandados a suspeitos envolvidos em crimes de homicídio e tráfico de drogas na cidade.

São quatro mandados de prisão e nove de busca e apreensão. Eles estão sendo cumpridos nos bairros Sonho Meu, Primeiro de Maio e Guarani. Até o momento seis pessoas foram presas.

A ação conta com a participação de 50 policiais civis, 15 viaturas e uma aeronave do Grupamento de Operações Aéreas (GOA).

A operação é resultada das investigações de três homicídio ocorrido em Umuarama neste ano.

Relembre os casos:

Jeferson dos Santos

Jeferson dos Santos foi morto dentro de sua residência no parque Primeiro de Maio.

O crime aconteceu na madrugada do dia 18 de abril. O metalúrgico Jeferson dos Santos foi morto dentro de sua própria residência. Três suspeitos teriam invadido a residência enquanto ele dormia e praticaram o crime. Na fuga, os indivíduos colocaram um cadeado em sua boca.

Thais Miranda

Thais Miranda foi encontrada morta dentro de casa no jardim Colibri

A jovem foi encontrada morta na sala da residência onde morava no jardim Colibri com um tiro na região do rosto. O crime aconteceu na noite do dia 13 de setembro. O companheiro da vítima chegou a se apresentar à polícia dias depois e confessou o crime. Como havia saído do período de flagrante, ele foi ouvido e posteriormente liberado.

Eduardo Gonçalves Bombardi

Eduardo Gonçalves
foi encontrado morto com um tiro na cabeça, na Estrada Amarela

Eduardo foi encontrado morto na noite do dia 20 de setembro na Estrada Amarela em Umuarama. O homem que morava no parque das Jabuticabeiras foi executado com um tiro na região da cabeça. O corpo foi encontrado por populares caído ao lado de uma motocicleta.