Polícia Ambiental apreende carro blindado e carregado com cigarros em Umuarama

Além dos cigarros contrabandeados, os policiais aplicaram multas por dano a Área de Preservação Permanente e flagraram uma rinha com 69 galos. Ações aconteceram neste fim de semana nas cidade de Umuarama, Piraí do Sul e nos Campos Gerais

Por Programa do Tatu

24 de agosto de 2020, 09h31

Em situações distintas, policiais militares do Batalhão de Polícia Ambiental-Força Verde (BPAmb-FV) apreenderam 50 caixas de cigarros contrabandeados, aplicaram multas por dano a Área de Preservação Permanente e flagraram uma rinha com 69 galos. As ações policiais aconteceram na sexta-feira (21/08) e no sábado (22/08) nas cidade de Umuarama e Piraí dos Sul, no Noroeste e nos Campos Gerais do estado, respectivamente.

Na primeira situação, em Umuarama, os policiais foram verificar uma denúncia de crime ambiental por dano a Área de Preservação Permanente e de colocar fogo em área agro pastoril. Na primeira propriedade, os militares estaduais constataram dano em 1,84 hectares e sendo aplicada uma multa de R$ 10 mil. Em uma outra propriedade, os policiais ambientais encontraram uma área de 9,53 hectares fazendo o uso de fogo sem a devida licença, também tendo uma multa no valor de R$ 10 mil aplicada.

Em outra situação, na mesma cidade, os policiais fizeram uma abordagem em um pátio de um posto de combustível, sendo que dois veículos fugiram, sendo que momentos depois um deles acabou detido. Ao fazer a vistoria, foi constatado que o carro estava carregado com 50 caixas de cigarros contrabandeados e equipado com dispositivo de fumaça e com um rádio comunicador, além de ser blindado. O motorista, um homem de 19 anos, foi preso e encaminhado, juntamente com o carro e a carga, para as medidas de praxe.

Por fim, em Piraí do Sul, na sexta-feira, a equipe foi dar atendimento à uma denúncia de rinha de galo na área rural e ao chegar no local, constataram o fato e encontraram 69 galos, que foram anilhados e permaneceram no local com o fiel depositário para providências futuras. Os responsáveis foram notificados e Autos de Infração Ambiental foram aplicadas.