Parque urbano em implantação no Primeiro de Maio já recebe calçadas

O parque terá gradil e pista de caminhada. As obras incluem limpeza mecanizada e regularização do terreno, rampas de acesso para cadeirantes, guias rebaixadas, plantio de grama, calçamento em concreto, iluminação em LED, drenagem e combate a erosão, além de um parquinho infantil e paisagismo

Por Programa do Tatu

11 de julho de 2020, 08h19

A Prefeitura de Umuarama iniciou a implantação de um parque urbanizado entre os bairros Primeiro de Maio e Ibirapuera, no entorno de uma área de preservação permanente (APP). Com o desconto obtido na licitação, o investimento de infraestrutura será de R$ 846.845,90 em recursos do Programa Parque Urbano, da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo (Sedest) e Instituto Águas e Terras (IAT), com contrapartida de R$ 30 mil do município.

Além de criar mais uma área de lazer, diversão para crianças e práticas saudáveis, como caminhada, o parque ajudará a evitar ocupações irregulares, conter enchentes e erosões e na preservação do solo e da água. Além do empenho do prefeito Celso Pozzobom e o apoio do governador Ratinho Júnior, a conquista teve a participação da vereadora Maria Ornelas e do deputado estadual Márcio Nunes, atual secretário do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo.

“O foco é deixar a cidade mais verde, melhorar a vida das pessoas e ofertar mais opções para uma vida saudável e ativa”, disse o prefeito, além de dificultar o descarte de lixo e outros resíduos na mata e margens do Córrego do Veado, que corta a APP. Márcio Nunes lembrou que “o Paraná é o Estado que mais recupera o meio ambiente, entendendo a importância desse grande tema mundial de uma forma correta, e Umuarama foi contemplada com este importante apoio”, destacou o secretário.

O diretor de Meio Ambiente, Matheus Michelan Batista, lembrou que a cidade conta hoje com um bosque urbanizado (Uirapuru) e outro recebendo melhorias atualmente, como calçamento, pistas de caminhada, ciclofaixa, gradil e paisagismo, um grande canal para o combate à erosão e outras benfeitorias (Parque Municipal dos Xetá).

O prazo de execução das obras no Primeiro de Maio é de seis meses e a vencedora da licitação foi a empresa Cioni Construtora. Com esse investimento, na análise do prefeito, “o município terá a oportunidade de criar um espaço público qualificado, objetivando a conservação da biodiversidade e a recuperação de áreas degradadas”, disse Pozzobom.

O parque terá gradil e pista de caminhada. As obras incluem limpeza mecanizada e regularização do terreno, rampas de acesso para cadeirantes, guias rebaixadas, plantio de grama, calçamento em concreto, iluminação em LED, drenagem e combate a erosão, além de um parquinho infantil e paisagismo. “Será uma ligação urbanizada entre os bairros Primeiro de Maio, Jardim Portugal, Ilha da Madeira e Ibirapuera, para ser amplamente utilizado pela população”, completou o diretor de Meio Ambiente, Matheus Michelan Batista.

PRESERVAÇÃO

A implantação do parque é vista como instrumento eficaz na conservação ambiental e desenvolvimento sustentável, aproveitando a área de fundo de vale como alternativa para minimizar os impactos da expansão urbana. “Vamos transformar aquele espaço em um equipamento público de lazer e manutenção dos recursos ambientais. Mais uma vez o governador Ratinho Júnior e o secretário Márcio Nunes atendem projetos de Umuarama voltados ao bem-estar, à proteção ambiental e ao bem-estar da população”, agradeceu o prefeito Celso Pozzobom, ressaltando a participação da vereadora Maria Ornelas na conquista.