Paraná chega a 600 mortes pelo coronavírus

No Paraná, 350 cidades têm ao menos um caso confirmado de Covid-19. Tapira e Nova Esperança do Sudoeste registraram casos pela primeira vez. Em 135 municípios há óbitos pela doença

Por Programa do Tatu

29 de junho de 2020, 16h37

UTI do Centro de Reabilitação do Paraná que tem atendimento exclusivo para pacientes com Covid-19.
Curitiba – 04/06/2020 – Foto: Geraldo Bubniak/AEN

A Secretaria de Estado da Saúde divulgou nesta segunda-feira (29) 573 novas confirmações e mais 14 mortes pela infecção causada pelo novo coronavírus. O Paraná soma 21.089 casos e 600 mortos em decorrência da doença. No boletim de hoje há dois ajustes de municípios de residência em casos já confirmados.

INTERNADOS – De acordo com o informe desta segunda, 820 pacientes com diagnóstico confirmado de Covid-19 estão internados – 665 ocupam leitos SUS (239 em UTI e 426 em leitos clínicos/enfermaria) e 155 em leitos da rede particular (58 em UTI e 97 em leitos clínicos/enfermaria).

Há outros 755 pacientes internados, 393 em leitos UTI e 362 em enfermaria, que aguardam resultados de exames. Eles estão em leitos das redes pública e particular e são considerados casos suspeitos de infecção pelo vírus Sars-CoV-2.

ÓBITOS – A secretaria estadual informa a morte de mais 14 pacientes. Todos estavam internados. São cinco mulheres e nove homens, com idades que variam de 33 a 90 anos. Os óbitos ocorreram entre 23 e 29 de junho.

Os pacientes que faleceram residiam em Curitiba (5); Foz do Iguaçu (2); e uma morte foi registrada nos municípios de Cascavel, Itaguajé, Mandaguaçu, Maringá, Paranaguá, Presidente Castelo Branco e Sarandi.

MUNICÍPIOS – No Paraná, 350 cidades têm ao menos um caso confirmado de Covid-19. Tapira e Nova Esperança do Sudoeste registraram casos pela primeira vez. Em 135 municípios há óbitos pela doença.

FORA DO PARANÁ – Segundo o monitoramento da secretaria, são 237 casos de pessoas que não moram no Estado. Destas, 13 foram a óbito.

AJUSTES:

– Dois casos confirmados em 25 e 26 de junho em Pinhais foram transferidos para Piraquara.

– Um caso confirmado em 23 de junho em Maringá foi transferido para Sarandi.

Confira o informe completo.

A Secretaria de Estado da Saúde reforça que os municípios têm critérios diferentes de confirmação de casos e, por isso, pode ocorrer divergência de número de pacientes. A pasta informa, ainda, que os dados são consolidados na gestão estadual, mas os municípios encaminham as informações para as regionais que repassam para o Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde do Paraná (Cievs), na Sesa.