Odonto San

Mais um trecho do antigo Poliesportivo começa a ser revitalizado

A opção foi recuperar a área com a implantação de um parque gramado, com arborização, pistas de caminhada, ciclovias, quadras, banheiros e pequenas estruturas para o convívio da população.

Por Cidade Urgente

13 de abril de 2019, 12h24

Teve início nesta semana a limpeza e terraplenagem de mais um trecho do antigo Poliesportivo, que passa por revitalização para se tornar um novo parque de lazer, esportes e contemplação da natureza. A primeira parte já teve a topografia readequada e foi toda gramada, dando uma ideia de como será o visual do futuro parque no local onde hoje existem apenas ruínas e resquícios da enorme erosão que destruiu o complexo.

Localizado na Zona Sete, entre a avenida Parigot de Souza e as ruas Mogno, Paineira, Capital da Amizade e Ibiaí, a região foi duramente castigada pela erosão há alguns anos, após o rompimento da tubulação ármica construída para a drenagem pluvial sob a construção. Em efeito cascata, os tubos foram se rompendo, a erosão engoliu o campo, parte das arquibancadas, um trecho da rua Paineira e foi avançando sobre a Parigot de Souza, que chegou a ser comprometida em um dos sentidos.

A erosão foi contida após a construção de aduelas em concreto e a implantação de um canal aberto, com as paredes protegidas por gabiões, mas não foi possível recuperar a destruição causada ao complexo. “Mesmo após a reconstrução das galerias, o rompimento de tubulações provocaram novos estragos na avenida e exigiram mais esforços. A região é muito instável, com uma grande rede de galerias pluviais e nascentes do córrego Pinhalzinho, por isso não é recomendável para edificações em concreto”, lembrou o prefeito Celso Pozzobom.

Por isso, a opção foi recuperar a área com a implantação de um parque gramado, com arborização, pistas de caminhada, ciclovias, quadras, banheiros e pequenas estruturas para o convívio da população. “A reurbanização trará um novo aspecto ao complexo. Concebemos o projeto de uma área verde, um parque de lazer sem grandes obras. Privilegiaremos a natureza, o espaço ao ar livre e para isso haverá uma grande movimentação de terras, nivelando o terreno”, explicou. É este trabalho que está avançando com mais uma etapa, iniciada nesta semana.

As arquibancadas de um dos lados do estádio já foram totalmente removidas. Agora, máquinas da Prefeitura realizam a terraplenagem, baixando a crista do aterro para diminuir o declive em relação à parte baixa, onde havia o campo de futebol. As bordas permanecerão elevadas para dar um efeito de vale.

“Estamos trabalhando no terreno, que exige um serviço de longo prazo, e ao mesmo aterrando outro ponto – próximo à Parigot de Souza – para reduzir a área consumida pela erosão e corrigir o nivelamento”, acrescentou o secretário municipal de Obras, Planejamento Urbano e Projetos Técnicos, Isamu Oshima.

“Teremos em breve uma bonita área de lazer, estruturada para a prática de caminhadas e esportes. O novo cartão-postal, implantado para o bem-estar e a qualidade de vida da população, eliminará uma área degradada que até hoje incomoda os umuaramenses”, finalizou o prefeito Pozzobom.

Planalto
Redefarma