Mais de 80 colaboradores do Instituto Nossa Senhora Aparecida doam sangue ao Hemonúcleo de Umuarama

Os colaboradores do Nossa Senhora que doaram durante o mês de junho foram presenteados com uma camiseta, que pode ser usada como uniforme de trabalho

Os colaboradores do Instituto Nossa Senhora Aparecida que doaram sangue durante o mês de junho, receberam uma camiseta alusiva a Campanha de Incentivo à Doação de Sangue.

Mais de 80 colaboradores do Instituto Nossa Senhora Aparecida doaram sangue durante a Campanha Junho Vermelho, realizada em prol do Hemonúcleo de Umuarama, que tem estado com os estoques em baixa devido a Pandemia de Covid-19 e a chegada do Inverno. Na manhã desta quarta-feira (1), a Comissão de Humanização e a Direção do Instituto comemoraram os resultados da Campanha, que teve expressiva adesão de colaboradores e também da comunidade de Umuarama e região.

Junho é o Mês de Orientação sobre a Doação Contínua de Sangue, que é quando se faz, pelo menos, três doações por ano e integra as ações contínuas de humanização do Instituto.  “A celebração do Junho Vermelho é uma tradição entre os colaboradores do hospital, que este ano ganhou destaque devido à necessidade extrema do Hemonúcleo de Umuarama, que atende pacientes de todos os municípios da região”, explica o gestor do Instituto, Cristiano Nelli.

A campanha foi realizada pela Comissão de Humanização Hospitalar do Instituto e teve como parceiros: Laboratório Reunidos, Radcenter e Plano de Assistência Familiar Nossa Senhora. O tema escolhido para este ano foi: “Você é a esperança de muitos. Doe sangue, salve vidas”. A ação contou com a colaboração de veículos de comunicação de toda a região e foi amplamente divulgada em jornais, na televisão, sites e nas redes sociais oficiais do Instituto e de empresas parceiras.

Os colaboradores do Instituto Nossa Senhora Aparecida que doaram sangue durante o mês de junho, receberam uma camiseta alusiva a Campanha de Incentivo à Doação de Sangue.

“Além de sensibilizar para o gesto de doar, como forma de expressão de legítima solidariedade, foram divulgadas informações visando esclarecer dúvidas sobre a doação de sangue, quem pode doar e a necessidade da doação frequente”, destaca a assistente social Joice Krominski Graça, que comemora os resultados da campanha.

“Uma única doação de sangue pode ajudar a salvar a vida de até quatro pessoas e é um dos gestos mais altruístas que uma pessoa pode realizar”, ressaltou a profissional .

O doador frequente tem benefícios garantidos em lei, como: direito a um dia de folga por ano no trabalho, direito a meia entrada em shows, cinema, jogos de futebol, isenção total ou parcial na inscrição de concursos públicos, entre outros.

Os colaboradores do Nossa Senhora que doaram durante o mês de junho foram presenteados com uma camiseta, que pode ser usada como uniforme de trabalho. “É uma lembrança singela. O objetivo é que quem doou continue a divulgar a campanha e também estimular para que a doação não se restrinja somente ao mês de junho e com isso angariar mais doadores frequentes”, destacou a assistente social.

CULTURA DA SOLIDARIEDADE

Para o gestor Cristiano Nelli, a solidariedade está no centro do conjunto de valores, princípios e hábitos da cultura promovida pelo Instituto Nossa Senhora Aparecida desde sua fundação.

“São 50 anos promovendo a solidariedade. O Nossa Senhora cumpre esse papel de agente transformador ao ofertar um ambiente que permita a reflexão, reúna experiências e priorize a humanização em todos os processos”, disse.