Odonto San

Mais de 1.500 pessoas prestigiam sessões do IFPipoca Semana da Criança

As escolas municipais levaram estudantes do 3º ano para as sessões infantis em que foram exibidos curtas nacionais com temas educacionais

Por Programa do Tatu

11 de outubro de 2019, 08h34

O Centro Cultural Vera Schubert recebeu um público de 1.546 pessoas durante a 8ª edição do IFPipoca Semana da Criança, nas últimas terça (8) e quarta-feira (9). O evento integra a Semana de Cultura do município e é realizado desde 2012 sob a organização do Instituto Federal do Paraná (IFPR), em parceria com a Fundação Cultural, Secretaria Municipal de Educação, Núcleo Regional de Educação (NRE) e escolas particulares.

As escolas municipais levaram estudantes do 3º ano para as sessões infantis em que foram exibidos curtas nacionais com temas educacionais. Participaram as escolas Manuel Bandeira, Malba Tahan, Dr. Ângelo Moreira da Fonseca, Paulo Freire, Cândido Portinari, Carlos Gomes, Analides Caruso, Ouro Branco, Souza Naves, Dr. Germano Norberto Rudner, Evangélica, Jardim União, Tempo Integral, São Francisco, São Cristóvão, Sebastião de Mattos, Rui Barbosa, Vinícius de Moraes, Padre José de Anchieta, Papa Pio XII e Serra dos Dourados.

Além dessas unidades educacionais, foram realizadas sessões especiais para estudantes do Colégio Estadual Professor Paulo Alberto Tomazinho, da Associação de Assistência aos Surdos de Umuarama (Assumu) e da Escola ABC, informou a professora Máriam Trierveiler Pereira, coordenadora do projeto IFPipoca do IFPR.

Além da exibição de cinema, os visitantes puderam prestigiar no hall de entrada do teatro Vera Schubert a exposição Ex-Tampa, do professor e designer Ivã Lima. Com mais de 3 mil tampinhas de garrafa o professor confeccionou, especialmente para o IFPipoca, painéis com personagens de animações infantis.

Além da exposição, o público pôde verificar como os painéis são construídos. “A técnica fica como dica de atividade didática e artística, além de fazer com que os alunos reflitam sobre as consequências do lixo nas cidades. Quando aproveitamos os resíduos, deixamos de levar esses volumes para o aterro sanitário”, explicou o designer Ivã Lima.

Planalto
Redefarma