Mais 73 novos casos de Covid-19 foram confirmados pela Secretaria de Saúde em Umuarama

Esse alto volume de casos na cidade e uma onda crescente em cidade da região tem levado a rede hospitalar ao colapso. A ocupação de leitos no Hospital Uopeccan, referência para tratamento de Covid-19 pelo SUS na Capital da Amizade, está em 100% tanto na UTI quanto nas enfermarias

Por Programa do Tatu

20 de novembro de 2020, 17h26

Foto: Mayara Cristina

Mais 73 novos casos de Covid-19 foram confirmados pela Secretaria Municipal de Saúde nesta sexta-feira, 20, em Umuarama. Positivaram 35 homens e 34 mulheres com até 85 anos e quatro crianças. A alta média diária tem marcado novembro como o mês mais crítico desde o início da pandemia – já são 788 casos acumulados em 20 dias –, totalizando 2.125 diagnósticos positivos para o coronavírus até o momento.

Desse total, 1.357 pessoas já se recuperaram, 25 morreram, 735 seguem em isolamento domiciliar e oito estão hospitalizadas (quatro em UTIs e outras quatro em enfermaria. Há ainda 905 pessoas com suspeita de contaminação pelo vírus, das quais três estão internadas (uma em UTI) e 902 em isolamento.

Esse alto volume de casos na cidade e uma onda crescente em cidade da região tem levado a rede hospitalar ao colapso. A ocupação de leitos no Hospital Uopeccan, referência para tratamento de Covid-19 pelo SUS na Capital da Amizade, está em 100% tanto na UTI quanto nas enfermarias, o que feito Umuarama ‘exportar’ pacientes para internamento em outras cidades da macrorregião Noroeste, como Paranavaí, Cianorte, Goioerê, Campo Mourão e até Maringá.

As notificações de casos suspeitos na cidade somam 8.962, dos quais 5.932 foram descartados e os demais confirmadas.