Planalto

Governo regulamenta o poder de polícia do Corpo de Bombeiros

A lei estabelece que a execução e a manutenção das medidas de prevenção e combate a incêndio e a desastres são de responsabilidade dos estabelecimentos

Por Tatu na TV

4 de dezembro de 2018, 13h40

A governadora Cida Borghetti assinou nesta segunda-feira (3) decreto que regulamenta no Paraná a atuação fiscalizatória do Corpo de Bombeiros. Alinhada à lei federal, a medida regulamenta o poder de polícia administrativa do CB e tem como foco a prevenção, a educação e o desenvolvimento do empreendedorismo, pois reduz burocracia nos processos de autorizações e aumenta a segurança e de edificações e eventos de maior risco. A assinatura do decreto foi em solenidade na sede da Corporação, em Curitiba. A governadora também inaugurou as novas instalações do Centro Odontológico do Comando do CB.

O decreto, lembrou a governadora, é alinhado à Lei Federal número 13.425/2017, conhecida como Lei Kiss, em referência ao incêndio que matou 242 pessoas e feriu 680 em uma discoteca de Santa Maria, no Rio Grande do Sul. “Com essa medida, ampliamos o alcance da atuação do Corpo de Bombeiros e garantimos mais agilidade aos processos, sempre priorizando a prevenção”, afirmou Cida Borghetti.

O comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Edemilson Barros, explicou que um dos pontos importantes da regulamentação é que, em casos em que há risco eminente à vida, os bombeiros podem atuar imediatamente. Hoje, há necessidade de acionar o Ministério Público e a Polícia Militar. “Teremos mais autonomia, mas sempre baseado em situações de risco eminente”, disse ele.

A lei estabelece que a execução e a manutenção das medidas de prevenção e combate a incêndio e a desastres são de responsabilidade dos estabelecimentos. Ao Corpo de Bombeiros cabe a função de vistoriar e averiguar se estão sendo cumpridas as exigências das normas de procedimento técnico.

A governadora Cida Borghetti assinou nesta segunda-feira (3) decreto que regulamenta no Paran‡ a atua‹o fiscalizat—ria do Corpo de Bombeiros.
Curitiba, 03/12/2018
Foto: SESP

EMPREENDEDORISMO – Com a regulamentação, será reduzida a burocracia dos processos de abertura e regularização de empreendimentos de baixo risco e aumentará a segurança das edificações, estabelecimentos, áreas e eventos de maior risco. “O empresário ou contador poderá fazer a solicitação online, pagando uma taxa com redução de 50%, e nós vamos emitir o certificado de forma digital para que ele rapidamente consiga o alvará de seu estabelecimento”, disse o comandante do Corpo de Bombeiros, o coronel Edmilson Barros.

“Com isso, estamos promovendo alterações nas normas internas, no sentido de facilitar o empreendedorismo, sem perder obviamente a questão de segurança, num processo dinâmico e positivo para que o Estado possa avanças sobre todos os pontos de vista”, acrescentou ele.

CLÍNICA – O novo Centro Odontológico do Corpo de Bombeiros, com 140 metros quadrados, foi projetado e construído em um prazo de 11 meses. São três consultórios, sala de esterilização, depósito de material de limpeza, banheiros e novos equipamentos. Cerca de R$ 180 mil foram investidos na obra. “As novas instalações trazem mais conforto e acessibilidade aos usuários”, disse o major Magno Fernandino Zeni, dentista que chefia a odontologia há 27 anos. Ele também lembrou que cerca de 300 atendimentos são feitos por mês na clínica e que 42 mil militares de Curitiba e da Região Metropolitana podem usar o serviço.

 

Redefarma
Odonto San