Família de Ivaté faz vaquinha para custear tratamento de criança com paralisia cerebral

Sem condições financeiras de bancar com todos os custos, a família criou uma vaquinha online para que mais pessoas possam colaborar com o tratamento

Por Programa do Tatu

13 de julho de 2020, 14h05

A família da pequena Sophia Aparecida da Silva, de apenas três anos, pede a ajuda da população para custear o tratamento médico da menina que possui paralisia cerebral e epilepsia. Sem condições financeiras de bancar com todos os custos, a família criou uma vaquinha online para que mais pessoas possam colaborar com o tratamento.

Segundo a mãe de Sophia, Camila Danellon, de uma criança ativa e alegre, hoje sua filha respira por uma traqueostomia e se alimenta por uma sonda no intestino. Ainda segundo Camila, a situação ocorreu, após a menina passar um episódio de crise convulsiva, que foi tratada como engasgue. “Ela ficou sem oxigenação no cérebro e precisa de muitos tratamentos para tentar voltar a ter uma vida ativa”, disse.

De acordo com a família, a menina está conseguindo realizar os tratamentos necessários graças ao apoio da comunidade. “Hoje a Sophia precisa de muitos cuidados, ela precisa de acompanhamentos médicos e de outros profissionais como oftalmologistas, pneumologistas, pediatras, fisioterapeutas e fonoaudiólogos. Se minha filha está conseguindo fazer o tratamento é graças as rifas, as vaquinhas online e as campanhas, por que o caso dela está sendo avaliado pela justiça e ainda não teve uma decisão judicial’, conta a mãe.

Todo o dinheiro arrecadado para custear as despesas do tratamento é prestado contas para a comunidade na página Sophia Guerreira. “Algumas consultas não conseguimos pelo SUS, Sophia precisa de fraldas e um concentrado bacteriano no valor de R$ 380,00, fora as terapias que eu pago duas vezes na semana”, relata a mãe.

Recentemente a família fez um plano de saúde para tentar economizar, porém, mesmo assim os tratamentos tem um custo muito alto, “A nossa família não tem recursos para conseguir dar sozinha o suporte que ela precisa, não podemos ficar de braços cruzados e perder a chance de fazer o que é preciso para a nossa filhinha melhorar. Por isso quero pedir a ajuda de todos e que Deus derrame muitas benções na vida de vocês”.

Para contribuir com doações

Banco: Caixa Econômica Federal

Poupança: operação 013

Conta: 00010619-4

Agência: 3868

Titular: Camila Aparecida Danellon.

Para realizar doações pela vaquinha online clique aqui.