Doação de sangue não pode parar com pandemia, orienta direção do Hemonúcleo de Umuarama

Pessoas com anemias crônicas, acidentes que causam hemorragias, complicações decorrentes da dengue, febre amarela, tratamento de câncer e outras doenças graves, continuam ocorrendo. Ou seja, o consumo de sangue é diário e contínuo.

Por Programa do Tatu

31 de março de 2021, 16h14