‘Ciclone bomba’ pode causar chuva e ventania no Sul, alertam institutos

Nesta terça-feira (30), o fenômeno conhecido como 'Ciclone Bomba' atingirá o Paraná, causando fortes temporais e rajadas de vento. Após a passagem do ciclone na região Sul do Brasil, as temperaturas caem e, no Paraná, há previsão de geada

Por Programa do Tatu

30 de junho de 2020, 15h00

Projeção mostra a formação de um ciclone extratropical sobre a região Sul do Brasil
Imagem: Divulgação/Climatempo

Nesta terça-feira (30), o fenômeno conhecido como ‘Ciclone Bomba’ atingirá o Paraná, causando fortes temporais e rajadas de vento.

O ‘Ciclone Bomba’ é muito comum no inverno, entretanto ocorre com mais frequência no norte da Europa e no nordeste dos Estados Unidos. Também é comum na costa da Argentina e no cinturão de baixa da Antártida.

Apesar do termo ‘Ciclone Bomba’ causar preocupação e assustar a população, este fenômeno provoca apenas uma queda rápida da pressão atmosférica. Ele se forma quando o ar frio se choca com o ar mais quente, criando nos ventos um efeito de centrifugação, por isso, recebe o nome de ciclone.

Asaff Saab de Souza

Este ciclone se posicionará sobre o Rio Grande do Sul, com grandes temporais que vai avançar pelo território do Paraná, principalmente no período da tarde e da noite.

Depois da passada do ciclone pelo Sul do Brasil, as temperaturas irão cair no Paraná, a previsão aponta uma geada.

 

 

 

Com informações: Portal Paraná