Odonto San

TV Caiuá vai retransmitir conteúdo da Paraná Educativa

Além de ter acesso ao conteúdo da Rede Paraná Educativa (TV Educativa), os canais poderão divulgar suas potencialidades na rede pública de televisão paranaense

Por Tatu na TV

5 de dezembro de 2018, 07h21

 

Para o diretor da TV Caiuá, Valentin Devaur Menossi, a iniciativa do Governo do Estado é inédita.

Cidades do Interior terão acesso ao conteúdo da Rede Paraná Educativa (TV Educativa) e, também, poderão divulgar suas potencialidades na rede pública de televisão paranaense. É o que possibilitará o convênio autorizado pela governadora Cida Borghetti e firmado nesta terça-feira (4) entre oito emissoras de televisão do Interior e a Paraná Educativa.

O documento foi assinado pelo secretário de Comunicação Social, Alexandre Teixeira, que é também presidente da Paraná Educativa, e dirigentes de emissoras de diversas regiões do Paraná. As TVs do Interior poderão retransmitir a programação da Paraná Educativa. A parceria também prevê troca de conteúdos.

Cida destacou que a Paraná Educativa é a emissora do Estado com programação educativa, artística, cultural, científica e informativa e tem a missão de contribuir para a divulgação do Estado e para a formação crítica do cidadão. “O convênio possibilitará o trabalho conjunto entre as emissoras e proporcionar à população o acesso ao conhecimento e a conteúdos relevantes em diversas áreas”, disse a governadora. “Além disso, também fortalecerá a arte e cultura regional, mostrando o potencial de cada localidade”, afirmou.

O secretário Alexandre Teixeira destacou que nesta gestão a Comunicação Social buscou fazer a interiorização governamental, seguindo orientação da governadora. “Com esse convênio é possível aumentar nossa área de abrangência aos poucos, com a possibilidade de alcançar o Paraná inteiro. A TV Paraná Educativa aumentou o número de produção local na grade da TV nesses oito meses. Quando assumimos havia menos de 10% de produção de conteúdo local, hoje temos 40% de conteúdo local”, afirmou o secretário.

CONVÊNIO – Participam do convênio a TV Caiuá (Umuarama e Cianorte); TV Mill (União da Vitória); TV Humaitá (Guarapuava e Ivaiporã); CATVE (Cascavel, Goioerê, Toledo, Foz do Iguaçu, Marechal Cândido Rondon, Corbélia, Ubiratã, Cafelândia, Santa Helena, Tupãssi e São José das Palmeiras); TV Evangelizar (atua no Brasil todo, através de parabólica, 120 emissoras irmãs, 49 retransmissoras em 3 capitais, Fortaleza, Olinda e São Luís, e Curitiba); TV UP (Umuarama); TV Unicesumar (Maringá); TV CARAJÁS (Campo Mourão).

De acordo com diretor-presidente da é-Paraná, Paulo Base, a ideia é trazer para a programação da Educativa novas produções e interiorizar o conteúdo veiculado pelo canal do Estado, com apoio de emissoras regionais que estão sendo chamadas para trabalhar em parceria.

“A ideia é que certas grades sejam utilizadas de forma comum, para que o Estado inteiro tenha acesso ao mesmo programa, mas também, que cada emissora possa absorver parte do conteúdo e replicar na sua emissora. A intenção é produzir cada vez mais conteúdos sobre o Paraná e viabilizar os produtos locais. Um conteúdo voltado aos paranaenses”, afirmou Base.

Para o diretor da TV Caiuá, Valentin Devaur Menossi, a iniciativa do Governo do Estado é inédita. “O Governo do Estado nunca havia procurado as TVs do Interior para uma parceria. Esse acordo representa a aproximação de todas as regiões do Estado por meio da cultura, da arte, da culinária, unificando o interior e a capital”, destacou. “A aproximação foi surpreendente, uma maneira de mostrarmos à população o que acontece no Estado. Estamos nos sentindo valorizados com essa integração, torcemos pela continuidade desse projeto”, disse a diretora da TV Mill, Hilda Roveda.

ALTA DEFINIÇÃO – Em abril, foi concluída a primeira etapa da implantação do Sistema Digital de Alta Definição. O Investimento foi de R$ 16 milhões na modernização do sinal e da infraestrutura.

Redefarma
Planalto