Programação
da rede

no ar agora
assistir
Cidade Urgente

Cidade Urgente

05.08 - 10h37min

Bebê umuaramense surpreende, após médicos indicarem apenas 15 dias de vida

O pequeno chegou a ter uma parada cardíaca e ficou cinco meses internado, sendo 34 dias deles entubado

Milagres existem? Para a família Schmitke a resposta é sim. Esta história começa com Enrico do Bem Schmitke, na época com dois meses de vida, filho do casal Silas Junior e Camila Schmidtke, sendo diagnosticado com um câncer denominado neuroblastoma – um tumor sólido e se desenvolve no abdômen, tórax ou na pélvis, apesar de ser originado nas glândulas suprarrenais, que costuma afetar principalmente crianças e adolescentes de até 15 anos de idade.

Conforme os médicos, o bebê teria apenas 15 dias de vida, mas algo mudou ao longo dos meses.

A história surpreendente desta família começou no início deste ano. Após algumas semanas do nascimento da criança, os pais notaram certa dificuldade de Enrico respirar. Levado para um especialista, o bebê teve suspeita de laringomalácia e permaneceu internado no Hospital Norospar, em Umuarama, para ser acompanhado.

No período do internamento, o médico responsável pelo bebê decidiu encaminhar o paciente para o Hospital Pequeno Príncipe, em Curitiba, onde realizaria exames detalhados. Neste período, um dos exames de Enrico constatou um tumor atrás do pulmão, que pressionava sua traqueia e dificultava a passagem de ar.

A partir deste momento começou o sofrimento da família, a biópsia do tumor apontou câncer (neuroblastoma) maligno no quarto estágio. Por ser um recém-nascido, com toda sua fragilidade, o médico apontou 15 dias de vida para Enrico e a opção remota para salvar o paciente seria uma cirurgia. Desesperados, mas demonstrando uma fé inabalável, os pais Silas Junior e Camila Schmidtke acreditaram na cura do filho.

No dia 19 de julho, Enrico passou pela cirurgia para a retirada do tumor – o procedimento foi um sucesso. Poucos dias depois, a criança que chegou a ter os dias de vida contados, surpreendeu a todos e estava curada. “Os médicos, enfermeiros e funcionários do hospital falaram [esse menino é um milagre]”, relatou emocionado Junior, pai da criança.

A família retornou para Umuarama no dia 05 de julho e segundo o pai, Enrico irá uma vez por mês para a Curitiba realizar acompanhamento médico. “Deram poucos dias de vida para meu filho. Ele ficou cinco meses internado, sendo 34 dias deles intubado, e hoje ele é um milagre de Deus. Agradeço a todos que nos ajudaram de alguma forma, as orações, as mensagens de conforto, enfim, obrigado”, finalizou.

Por: Daniel de Oliveira (TV Caiuá)

 


Deixe o seu comentário
44 3622-2907
R. Piuna, 4150 - Zona I - CEP: 87501-050 - Umuarama - PR
© copyright 2016 - todos os direitos reservados